Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 25 Jul 2018 Novo espaço do Marés Vivas agradou aos festivaleiros Segundo a organização, o evento atraiu 110 mil pessoas em três dias
Joss Stone, Goo Goo Dolls, David Guetta, Carolina Deslandes, D.A.M.A., LP, Richie Campbell ou Jamiroquai foram alguns dos artistas que passaram pela 12.ª edição do Marés Vivas, este ano num espaço diferente. Na antiga Seca do Bacalhau, a 600 metros do anterior recinto, o festival não desiludiu, uma vez mais, tendo atraído, ao longo dos três dias, 110 mil pessoas ao recinto, segundo informações avançadas pela PEV Entertainment.

Tendo aumentado a capacidade de 25 para 35 mil pessoas por dia, Jorge Lopes, diretor da PEV, acredita que o festival pode "crescer ainda mais”, acrescentando: "Este ano fomos comedidos devido à segurança, quisemos salvaguardar que as pessoas estivessem todas em segurança, mas como correu bem vamos arriscar a aumentar a capacidade”. Relativamente ao espaço, Jorge Lopes defendeu que a escolha não defraudou as expetativas.

Por seu turno, Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal, adiantou que, ao longo dos três dias, a hotelaria esgotou em Gaia e a restauração teve momentos "absolutamente extraordinários”, reforçando, ainda, o orgulho em receber um festival desta dimensão e importância.

Para 2019, sabe-se que o festival realizar-se-á no terceiro fim de semana de julho, de 18 a 20 ou de 19 a 21, prevendo-se que já no próximo mês de outubro sejam avançadas as primeiras confirmações no que respeita aos artistas.