Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 30 Abr 2021 Rio Uíma será alvo de reabilitação ambiental Intervenção está integrada na requalificação da rede hidrográfica
O Rio Uíma será alvo de uma profunda requalificação ambiental, numa intervenção a rondar os dois milhões de euros. O protocolo de colaboração entre o Município de Gaia e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) foi assinado a 30 de abril, na cerimónia de apresentação pública dos projetos de reabilitação e valorização fluvial no âmbito do REACT UE, em Coimbra. Os projetos a desenvolver "pretendem dar resposta parcial às necessidades identificadas nos Planos de Gestão de Riscos de Inundação, no âmbito da Diretiva Inundações, e às medidas preconizadas nos Planos de Gestão de Região Hidrográfica que visam atingir o bom estado das massas de água”. Com caráter holístico, estas intervenções "incluem a recuperação da qualidade das massas de água, a proteção dos ecossistemas e a promoção da biodiversidade e da defesa contra cheias de pessoas e bens”. 

Estabilização de margens e beneficiação de habitat para espécies ribeirinhas em domínio hídrico, através da aplicação de soluções técnicas de engenharia natural; reabilitação de infraestruturas degradadas; contenção de espécies invasoras; eliminação de pressões hidromorfológicas; criação de espaços de inundação natural; ações de desassoreamento; intervenções para adaptação aos desafios das alterações climáticas e ações de combate à seca em albufeiras com origens de abastecimento público serão alguns dos trabalhos incluídos na reabilitação da rede hidrográfica. 

Esta requalificação "é essencial para permitir o bom funcionamento da rede hídrica, nomeadamente, para a recuperação das condições de escoamento das linhas de água e de qualidade das massas de água, estabilização de margens e prevenção da erosão e consolidação da galeria ripícola, potenciando o seu valor ecológico”, pode ler-se no protocolo assinado entre a APA e 33 municípios portugueses (incluindo a AMGAP - Associação de Municípios para a Gestão da Água Pública do Alentejo e a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro).