Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 21 Mai 2020 Reabertura das feiras em segurança Regresso implica a adoção de medidas de prevenção
Com o início da segunda fase de desconfinamento, as feiras e os mercados municipais vão retomando a sua atividade. As feiras de Arcozelo, Canidelo e Carvalhos, encerradas desde março, voltam a acolher vendedores e clientes, que cumprem agora as medidas de prevenção impostas pela Direção Geral de Saúde (DGS).

O uso obrigatório de máscara, o distanciamento social e a desinfeção frequente das mãos são apenas algumas das medidas de um rigoroso plano de contingência que inclui, também, o controlo da afluência – através do registo de entradas e saídas do recinto –, o atendimento organizado e limitado a um consumidor de cada vez, o uso de luvas por parte dos vendedores e a disponibilização de solução antisséptica para os clientes.

O presidente da Câmara Municipal, Eduardo Vítor Rodrigues, visitou a feira dos Carvalhos no dia da sua reabertura, a 20 de maio, onde teve não só a oportunidade de comprar alguns produtos, como também de ouvir os vendedores e clientes e de constatar que as normas da DGS estão a ser devidamente implementadas e cumpridas. "Tínhamos um grande empenho em reabrir e estávamos muito confiantes”, afirmou, explicando: "Empenho em reabrir, porque as pessoas que aqui vendem basicamente vivem deste momento, e muita confiança porque acredito que as pessoas, na sua esmagadora maioria, estão absolutamente disponíveis para cumprir as regras”. O autarca visitou esta feira para "deixar uma mensagem de estímulo, de confiança, mas ao mesmo tempo de responsabilidade”, num momento importante para a "dinamização da economia local”.

As feiras de Arcozelo e Canidelo irão realizar-se, como é habitual, aos domingos, e a dos Carvalhos às quartas-feiras.