Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Presidente da República recebe associações de cuidadores
Notícias e Destaques 27 Mai 2021 Presidente da República recebe associações de cuidadores Gaiense deu a conhecer projeto «Jovens Cuidadores»
 
Representantes de associações de cuidadores informais – como a ANCI, Cuidadores Portugal e Eurocarers – European Association Working for Carers – foram recebidos, a 25 de maio, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, numa reunião em que foram abordadas as principais preocupações nesta área.

O encontro, em que esteve igualmente presente a secretária de Estado da Ação Social, Rita Cunha Mendes, decorre do acompanhamento próximo que o Chefe de Estado tem dado à implementação do estatuto do cuidador informal, e da necessidade de se fazer um balanço dos projetos-piloto em curso, reunindo contributos para que o processo seja alargado a todo o território nacional. 

O gaiense Bruno Alves, presidente da Cuidadores de Portugal e membro da direção da Eurocarers – organização europeia com mais de 70 instituições de 28 países com sede em Bruxelas –, aproveitou a ocasião para reforçar a importância, na atual presidência portuguesa do Conselho da União Europeia, de se criar uma oportunidade para, com os eurodeputados e a Comissão Europeia, se construir um plano de ação para a criação de uma Europa amiga dos cuidadores e, ainda, de se proceder a um alinhamento progressivo aos pilares sociais europeus. Bruno Alves deu também a conhecer um projeto inovador, a nível nacional, do qual a Câmara Municipal de Gaia é parceiro e investidor social: o Jovens Cuidadores. Esta é uma iniciativa de inovação social, no âmbito das Parcerias para o Impacto, na qual a autarquia gaiense e os pelouros da saúde, ação social, educação e juventude, de uma forma integrada, apoiam jovens do 8.º ao 11.º ano que vivem com um familiar com fragilidade, doença crónica, deficiência ou abuso de substâncias. O objetivo passa por promover o seu sucesso pessoal, físico, psicológico e social com o desenvolvimento de respostas a diferentes níveis. Um projeto pioneiro e inovador que pretende ser uma referência nacional.

Para 8 de junho está agendada uma reunião com vários stakeholders, no sentido de se criar um ecossistema regional que permita posicionar e escalar este projeto ao território nacional. As entidades participantes serão o Instituto Português da Juventude – Direção Regional Norte, a Direção Geral de Educação, o Gabinete de Estratégia Nacional de Saúde Mental, a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, e Administração Regional de Saúde/Norte.
Fotografia @ Presidência da República