Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 15 Jun 2020 Praias com vigilância móvel fora da época balnear Câmara garante a vigilância balnear móvel em dias de grande afluência
A época balnear vai decorrer entre 27 de junho e 30 de agosto nas praias costeiras da região Norte, iniciando 12 dias mais tarde e terminando 16 dias mais cedo em relação a 2019, mas o acesso às praias e respetivos bares e restaurantes já é permitido, motivo pelo qual se justifica a vigilância fora destas datas. "Teremos vigilância balnear móvel nos dias de grande afluência e de condições meteorológicas que convidem a ida à praia, antes e depois do período de época balnear", garante a autarquia.

Num concelho com 15 quilómetros de orla marítima e vários areinhos, a decisão de adiar o início da época, vem permitir uma melhor gestão da vigilância balnear, "bem como os interesses de todos os intervenientes, nomeadamente os concessionários de praia”.

O presidente da Câmara tinha também anunciado, em maio, que ia colocar 60 jovens como "assistentes de praia", a fazer sensibilização sobre as medidas de prevenção da Covid-19 nas zonas marítima e fluvial do concelho. "Farão sensibilização e podem ajudar a controlar algumas atividades, como jogos no areal ou ajuntamentos. E isto tanto nas praias como nos areinhos, porque se fala muito das praias, mas tenho a certeza que os areinhos serão muito procurados e concorridos, ou para fugir às praias, por uma sensação de maior segurança de ajuntamentos, ou porque o transporte público de acesso à praia poderá ser encarado com ansiedade e não tão procurado", disse o autarca.