Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Praceta Escultor Alves de Sousa vai ser requalificada
Notícias e Destaques 29 Nov 2021 Praceta Escultor Alves de Sousa vai ser requalificada Nova vida para o espaço entre a junta e a igreja de Vilar de Andorinho
 
A zona envolvente à igreja paroquial de Vilar de Andorinho vai ser alvo de uma intervenção de requalificação que pretende, essencialmente, harmonizar este espaço com o edifício da junta de freguesia e o seu entorno, criando no local um verdadeiro centro cívico. A empreitada permitirá dar mais amplitude e coerência à Praceta Escultor Alves de Sousa, que assim se tornará mais aprazível para usufruto da população.
Pela sua localização, esta igreja ocupa uma posição de destaque, mesmo no centro da freguesia de Vilar de Andorinho, situando-se em frente ao atual edifício da junta de freguesia. Para o pároco local, o padre Albino Reis, esta intervenção é "uma mais-valia para estas duas entidades”, sendo certo que "todos saem a ganhar com esta intervenção”. "Vamos ter, com certeza, uma sintonia melhor entre a sede da junta e a igreja”, concluiu.

"Estamos aqui a tratar de um projeto que diz respeito à comunidade, com o que nós definimos como os centros cívicos das freguesias: trazer qualidade urbana às várias freguesias, e não olhar para o concelho como um centro urbano na avenida da República e depois um centro de dormitório e de algumas atividades pelo interior”, sublinhou Eduardo Vítor Rodrigues. O presidente da Câmara Municipal explicou que o objetivo passa por "multiplicar os espaços de sociabilidade, de encontro, de partilha e de participação. E isso passa por melhorar, por dar qualidade estética e de materiais a espaços que estão um pouco desadequados dos tempos atuais, e até proporcionarmos, com essa adaptação, uma alteração de funções”, no contexto do desígnio global que é a criação da rede de centros cívicos do concelho.

Esta obra será formalizada através de um protocolo entre a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia e a expetativa de Eduardo Vítor Rodrigues é que possa estar concluída no próximo verão. O autarca augura que este passará a ser "um espaço que dignifique Vilar de Andorinho e a igreja”, e, por isso mesmo, assegurou que no âmbito da intervenção a própria igreja será alvo de requalificação, "com a convicção de que ao apoiar a igreja estamos a apoiar um património que é de todos e uma entidade que é absolutamente determinante para a qualidade de vida da população”.

O projeto estará em consulta pública durante três semanas, por forma a permitir que a própria população a analise e enriqueça através dos seus contributos antes de se dar início à obra.