Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 27 Jun 2020 O Geossítio de Lavadores: uma escultura ao ar livre As formações graníticas, com cerca de 300 milhões de anos, são a sua principal característica


A praia de Lavadores, no litoral de Vila Nova de Gaia, apresenta uma notável riqueza geológica e geomorfológica. A principal característica deste geossítio é o seu granito, uma rocha formada há cerca de 300 milhões de anos e que, a partir do magma, se consolidou no interior da crosta terrestre, a alguns quilómetros de profundidade, tendo-se instalado entre dois grandes domínios geológicos da Península Ibérica: a zona Centro Ibérica e a zona de Ossa Morena. O arrefecimento do magma, aliado aos movimentos da crosta terrestre, permitiu a sua ascensão.

A ação abrasiva do mar, do vento e da própria intervenção dos seres vivos imprimiu formas notáveis ao granito de Lavadores, formando uma verdadeira escultura ao ar livre.

Já fora da praia, mas ainda neste litoral de exceção, ocorre também um exemplo extraordinário de uma formação sedimentar de natureza marinha, através da qual se comprova que, há alguns milhares de anos, o nível médio do mar já esteve mais alto e que a linha da costa se encontrava bastante deslocada para o interior do continente.

Visitar o Geossítio da praia de Lavadores é uma experiência memorável, que permite uma viagem de milhões de anos no tempo, ao longo da história da formação e evolução desta singular paisagem granítica.