Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 07 Set 2020 Nó de Santo Ovídio vai ser reformulado O objetivo é facilitar o acesso do centro da cidade à orla marítima
A Câmara Municipal de Gaia vai proceder à reformulação do projeto do atual Nó de Santo Ovídio, classificado no Plano Diretor Municipal (PDM) como um eixo estruturante, aproveitando as intervenções previstas para a zona de Santo Ovídio, nomeadamente a construção da extensão da linha de metro para Vila d'Este e o alargamento da autoestrada.

O Nó de Santo Ovídio vai, assim, ser reformulado para cumprir o objetivo estratégico de estender o centro da cidade para sul e facilitar o acesso à orla marítima.

O projeto em causa visa a remodelação da metade norte do Nó de Santo Ovídio, bem como a substituição da ligação provisória entre a rotunda sul e a rua de Laborim, pelo denominado ramo E, início da futura avenida que se desenvolverá até ao mar.

De forma a evitar perturbações acentuadas na circulação ao longo desta artéria, que apresenta um elevado volume de tráfego, foi estudado o faseamento da obra em oito etapas, evitando o corte da via e facilitando as entradas e saídas na A1.

O concurso público para a reformulação da parte norte do Nó de Santo Ovídio terá como preço base 2,65 milhões de euros, a repartir pelos anos de 2021 (2,3 milhões) e 2022 (200 mil euros).

As propostas deverão ser apresentadas num prazo de 45 dias após a publicação do procedimento em Diário da República, sendo que o prazo de execução da empreitada é de 15 meses.