Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Gaiurb é «marca entidade empregadora inclusiva»
Notícias e Destaques 03 Set 2021 Gaiurb é «marca entidade empregadora inclusiva» Empresa foi reconhecida no âmbito da inclusão e responsabilidade social
 
A Gaiurb, E.M. foi distinguida com a «Marca Entidade Empregadora Inclusiva» na edição 2021 promovida pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P. (IEFP), pelo esforço demonstrado na adaptação dos espaços de trabalho e canais de comunicação com o objetivo de eliminar ou reduzir barreiras.

Após a análise da candidatura pela Comissão de Peritos do IEFP, foi realizada uma avaliação das instalações, dos locais de trabalho dos colaboradores com deficiência e incapacidade, das acessibilidades, dos equipamentos e das viaturas por parte do Júri da Marca Entidade Empregadora Inclusiva, destacando a Gaiurb, E.M. como exemplo de boas práticas no âmbito da inclusão e responsabilidade social.

Para além dos requisitos da candidatura, a Gaiurb apresenta atualmente um conjunto de ferramentas complementares como o novo site +inclusivo, a plataforma interna de comunicação acessível a todos os colaboradores e crescente prática do nopaper, agilizando procedimentos e transformando processos em experiências céleres, em suporte digital e sem necessidade de deslocações.

Para António Miguel Castro, presidente do Conselho de Administração da Gaiurb, "faz parte do ADN da Gaiurb a procura constante por novas soluções que permitam respostas mais rápidas e facilitadas a processos que, pela sua natureza, são complexos e exigentes. Ao mesmo tempo, trabalhamos para que a empresa traduza os valores que procuramos aportar à nossa intervenção social, seja através da inclusão, seja pela via da responsabilidade social. Entendemos que as empresas municipais devem ser sistemas pensados para dar um exemplo de como deve ser perspetivada a dinâmica funcional, por isso, sermos distinguidos como "Marca Entidade Empregadora Inclusiva” é a confirmação de que estamos no caminho certo e que haverá, agora, novas metas a atingir neste âmbito”.