Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 15 Jan 2021 Gaia em busca de imagens inéditas da cidade Concurso fotográfico com candidaturas abertas de 1 de fevereiro a 31 de março
A Câmara Municipal de Gaia vai lançar um concurso fotográfico sobre o concelho, de modo a promover a participação dos cidadãos no objetivo comum de captar imagens inéditas da cidade, tendo como principal contexto o momento atual vivido em todo o mundo. Sem ser necessariamente o foco do concurso, a normalidade da cidade já é fruto dos constrangimentos provocados pela pandemia, pelo que as imagens poderão captar este momento singular da nossa história coletiva. Estas imagens irão, posteriormente, dar origem à publicação de um livro, além de que as fotografias premiadas serão distribuídas por mupis dispersos pelo concelho.

Apenas serão admitidas fotografias originais e inéditas, cujos direitos sejam detidos pelos candidatos e que não tenham sido submetidas, premiadas ou editadas anteriormente no âmbito de outro projeto ou concurso. Qualquer pessoa pode participar, sem restrições, desde fotógrafos profissionais a amadores, de nacionalidade portuguesa ou estrangeira. Devem apresentar-se a título individual, sendo que não são admitidas candidaturas em nome de equipas ou pessoas coletivas.  

As seis melhores fotografias serão premiadas com um valor monetário de 2.500 euros, sendo que a atribuição será feita em duas categorias distintas: menores de 25 anos, com o objetivo de envolver os jovens e captar a forma como percecionam a cidade; e restantes faixas etárias. 

A candidatura (a decorrer de 1 de fevereiro a 31 de março) deverá ser enviada para fotografiagaiatodoummundo@cm-gaia.pt, com os ficheiros em rgb ou em escalas de cinza, com um máximo de 5000 pixels no lado maior, resolução de 300 dpi, em formato jpg ou tiff. 
Deve consultar o regulamento e preencher a ficha de candidatura.

Com este concurso, o Município de Gaia reconhece a importância de envolver os cidadãos nos seus projetos culturais e artísticos, promovendo o seu sentido de comunidade, criatividade e espírito crítico.