Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 05 Jun 2020 Dia Mundial do Ambiente Os desafios da cidade
O Dia Mundial do Ambiente que é celebrado, desde 1974, a 5 de junho, este ano tem por objetivo alertar para a necessidade de aumentar o conhecimento a proteção e preservação da biodiversidade.

A forma como organizamos a sociedade tem impacto diverso no ambiente e na degradação dos ecossistemas, suporte da vida.

A nível europeu, muito se tem feito para desacelerar a degradação dos ecossistemas. O Pacto Ecológico Europeu é um dos instrumentos que visa a mudança do paradigma do desenvolvimento, perspetivando o alcance da neutralidade carbónica em 2050. Para o efeito são necessários maiores investimentos ao nível das energias renováveis, eficiência energética, da mobilidade sustentável e da indústria responsável.

As autarquias desempenham um papel crucial nesta mudança que se tem vindo a operar no sentido de atingir os princípios de desenvolvimento sustentável, concretizado através de ações concretas tais como: a regeneração urbana que em muito contribuiu, pois, os edifícios representam um consumo energético de 40%. Os transportes são responsáveis por 25% das emissões de gases com efeitos de estufa. Para alcançarmos a neutralidade climática é necessária uma redução de 90% das emissões neste setor, o que apenas com uma mobilidade sustentável e inteligente será possível.

A alimentação saudável e sustentável é outra das estratégias que poderá contribuir para travar as alterações climáticas, proteger a biodiversidade, através da redução do uso de pesticidas e o aumento do consumo de produtos locais, medidas que estão ao alcance de todos nós.


O incremento da biodiversidade em espaços urbanos tem sido um processo gradual em Vila Nova de Gaia. Atualmente está em curso um conjunto alargado de projetos com esse objetivo:
  • A Regeneração do Centro Histórico, que para além da reabilitação do edificado, das infraestruturas, dos equipamentos e dos espaços verdes e urbanos de utilização coletiva, tem por objetivo a consolidação da identidade desta área;
  • O Plano de Urbanização da Avenida da República, como um projeto integrador de todos os princípios que contribuem para coesão social e territorial, criando condições para garantir a adaptação às alterações climáticas, promovendo a mobilidade integrada e a valorização ambiental e paisagística, através da criação e interligação de corredores verdes;
  • O Plano ambiental de arborização em espaços públicos e zonas de lazer, que inclui entre outros a requalificação de diversos jardins, entre eles, o Jardim Soares dos Reis e Parque de S. Caetano, a construção do Parque Ambiental e de Lazer de São Paio a ampliação do Parque da Lavandeira.
  • O Plano de Mobilidade do Concelho que inclui a integração dos diversos meios de transporte, os corredores de metrobus e a ampliação das ciclovias.
É com a consciência de que esta tem sido uma preocupação constante no nosso trabalho, mas com a certeza de que muito ainda há para fazer e de que apenas será possível alcançarmos os objetivos, com a participação de todos, que assinalamos este dia simbólico, na convicção de que podemos contar com a colaboração de todos, na construção de um local onde viveremos melhor.