Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Concluído o 3.º Fórum Online – Balanço Económico e Social
Notícias e Destaques 26 Mai 2021 Concluído o 3.º Fórum Online – Balanço Económico e Social Arcozelo, Sandim, Olival, Lever e Crestuma e São Félix da Marinha foram as freguesias debatidas

Chegou ao fim, a 26 de maio, o 3.º Fórum online: Balanço Económico e Social – Sessões Freguesias, uma iniciativa que veio dar seguimento às sessões desenvolvidas no final do ano passado. O encontro foi, como habitualmente, transmitido online, através do Facebook da Câmara Municipal e das Juntas de Freguesia em destaque, que foram desta vez Arcozelo, Sandim, Olival, Lever e Crestuma (SOLC) e São Félix da Marinha.

A sessão começou com a apresentação de um balanço pelo presidente da Câmara Municipal de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues. "Um balanço do que fazemos, do que fizemos, fazendo o confronto entre aquilo que no anterior projetamos e aquilo que depois concretizamos, e fazendo, ao mesmo tempo, aquilo que me parece fundamental, que é e prestar contas aos cidadãos a cada ano”. O autarca sublinhou que o objetivo destas sessões, que agregaram freguesias por vezes não contíguas, foi também "demonstrar que o concelho não é uma manta de retalhos; é verdade que é um conjunto de 24 freguesias – e há de voltar a ser um conjunto de 24 –, mas muito do que acontece em Canidelo é muito importante para Avintes, e muito do que acontece em S. Félix da Marinha é muito importante para Mafamude, e vice-versa. E, portanto, é nesta rede que nos situamos, olhando para os problemas a uma escala macro, a uma escala meso e a uma escala micro, em muitos casos percebendo que em qualquer uma delas beneficiamos todos, como concelho, deste processo”.
Regressando ao balanço da atividade do último ano, mobilidade, educação, saúde, desporto, contas, cultura, ação social ou habitação foram algumas das temáticas abordadas por Eduardo Vítor Rodrigues durante a primeira parte da sessão, com uma retrospetiva pelo que está no terreno e uma previsão dos projetos de futuro, muitos deles prontos a arrancar. 

Seguiu-se um período de perguntas e respostas, endereçadas pelo público presente no Auditório Municipal (representante de um conjunto de entidades sediadas nas freguesias em questão) e pelas pessoas que acompanharam a sessão via online. Quais as principais medidas de impacto previstas com o Masterplan de Arcozelo? Qual é a estratégia da Câmara na área do emprego? Qual é a ideia da autarquia para continuar a ajudar as coletividades? Existe alguma previsão de iniciativas de valorização das ribeiras do Juncal e da Granja? Em que consiste o projeto que foi aprovado para o rio Uíma? O que vai ser feito no edificado de Arnelas e como melhorar o transporte para esta zona? Estas foram algumas das questões levantadas e que tiveram a resposta e explicação do presidente da Câmara de Gaia. Se perdeu a sessão, poderá ver o vídeo na íntegra no final desta notícia. 

Não sendo possível realizar as tradicionais Presidências Abertas, esta foi a solução encontrada para chegar mais perto dos cidadãos, respondendo a dúvidas, explicando procedimentos e fazendo um balanço do que foi feito, com especial enfoque nas freguesias.