Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 03 Fev 2021 Centro de Inclusão Social do Magarão fará a diferença em Gaia e na região Infraestrutura tem conclusão prevista para junho deste ano
Está a nascer na antiga escola básica do Magarão, em Avintes, o novo Centro de Inclusão Social para jovens com deficiências, com o objetivo de criar as condições para a inserção socioprofissional de pessoas com incapacidades físicas e mentais. Com conclusão prevista para o próximo mês de junho, o CIS do Magarão resulta de um investimento municipal na ordem dos 700 mil euros. A autarquia está a intervir no edifício da antiga escola, localizado na rua Dr. Adelino Gomes, reabilitando-o, ampliando-o e adaptando-o às necessidades do futuro equipamento, com a criação, ainda, de novas acessibilidades para pessoas com mobilidade condicionada. 

O projeto contempla uma nova fachada, transmitindo uma nova imagem de uma cidade contemporânea e inclusiva. O equipamento estará organizado em três pisos distintos. No piso 0 funcionará o projeto LabIN, que prevê a capacitação de pessoas com deficiência com mais de 18 anos e a sua integração no mercado de trabalho, essencialmente na área da cartonagem. Este projeto contribuirá para garantir um menor consumo de recursos e uma maior reciclagem, possibilitando o reaproveitamento de recursos pela redução do uso de matérias-primas, através do ecodesign e da conceção de produtos finais com valor acrescentado. A comercialização destes produtos permitirá a sustentabilidade do projeto, em parceria com o investimento municipal. Todos os participantes terão, ainda, acesso a uma bolsa mensal. No piso -1 estarão localizadas salas de ensaio, gabinetes dos professores e salas de construção e figurinos – onde se desenvolverão as atividades de teatro e projetos artísticos. Por fim, no piso -2 funcionarão duas salas de formação, uma destinada a técnicas de informática e outra a técnicas de luz e som. A escolha do mobiliário interior dos espaços comuns acompanha uma das premissas de intervenção no edifício, recorrendo à psicologia da cor como um elemento de bem-estar e integração.

O Centro de Inclusão Social do Magarão é, para Vila Nova de Gaia, uma iniciativa inovadora, dedicada à luta pela dignidade do ser humano e à promoção de uma cidade inclusiva, socialmente mais justa e mais acessível para todos, sendo a capacitação e a inserção no mercado de trabalho das pessoas com deficiência ou incapacidade uma prioridade. Através do CIS, será possível implementar o projeto LabIN, anteriormente mencionado, e o Companhia – Projeto Artístico. Este último tem como público-alvo pessoas com deficiência, maiores de 18 anos, residentes em Gaia e que tenham completado a escolaridade obrigatória. Assenta numa resposta social e artística, nas áreas de atriz/ator, cenografia, figurinos, luz e som, dando resposta a um problema grave da nossa sociedade: a insuficiência das medidas existentes na inclusão socioprofissional de cidadãos com deficiência mental.  

O Município de Gaia preocupa-se com a igualdade de oportunidades, com o acesso ao mercado de trabalho e com a proteção e inclusão social da sua população com deficiência ou incapacidade, contribuindo para o seu bem-estar e para a qualidade de vida das suas famílias. O Centro de Inclusão Social do Magarão será reflexo desta aposta.