Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 03 Jul 2020 Arranque do concurso público para o Gaia Museu-Ambiente As propostas devem ser submetidas até 16 de outubro
Está a decorrer o concurso público de conceção do Gaia Museu-Ambiente, enquadrado na intenção municipal de reabilitar os pontos nevrálgicos do centro da cidade, que contêm um especial potencial em termos de uso e de referência no espaço urbano. Promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, conta com a Assessoria Técnica do Conselho Diretivo Regional do Norte (CDRN) da Ordem dos Arquitectos, e tem como finalidade a conceção de um novo museu para a cidade de Gaia.

As visitas ao local de intervenção encontram-se sujeitas a marcação prévia, que deverá ser feita, por todos os interessados, até às 17 horas do dia 7 de julho. Posteriormente, as visitas ao local decorrerão nos dias 15, 16 e 17, das 9 às 12h30 e das 14 às 17 horas.

Às visitas seguir-se-á uma fase de receção de eventuais pedidos de esclarecimento, até 28 de julho, devendo as respostas aos mesmos ser enviadas até ao dia 6 de setembro. Por fim, os trabalhos podem ser enviados até às 17 horas do dia 16 de outubro.

Podem apresentar trabalhos de conceção, enquanto concorrentes, os arquitetos, profissionais independentes ou empresários em nome individual, com inscrição em vigor na Ordem dos Arquitectos, as pessoas coletivas ou agrupamentos de pessoas singulares ou coletivas cujo objeto social abranja a atividade de elaboração de estudos e/ou projetos de arquitetura e as sociedades profissionais de arquitetos com inscrição em vigor na Ordem dos Arquitectos.

Todas as participações são anónimas e, no final, será atribuído um prémio de trinta mil euros ao primeiro classificado, assim como vinte mil euros para todos os concorrentes admitidos, num total de 2.500€ por concorrente.

O Museu vai nascer no terreno da Antiga Fábrica de Cerâmica das Devesas, com uma área de 13.500 m2, que a autarquia decidiu adquirir, não só para a criação de um novo polo e circuito integrado de desenvolvimento cultural, de lazer e fruição pública, como também para a preservação do caráter histórico do local.

Toda a informação relacionada com este procedimento está disponível no site oficial do concurso.