Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 12 Ago 2020 Aprovado o projeto «Jovens Cuidadores» Iniciativa pretende suprir, em Gaia, a ausência de apoios para os jovens cuidadores informais
A candidatura ao financiamento do projeto «Jovens Cuidadores», submetida pela Câmara Municipal de Gaia através da iniciativa pública Portugal Inovação Social, foi aprovada. Este projeto da Portincarers – Associação Cuidadores de Portugal, que se constituiu com o principal objetivo de dar visibilidade e voz aos cuidadores informais, assim como de influenciar as políticas a nível nacional e europeu, pretende suprir a ausência significativa, ou mesmo total, de respostas adequadas de apoio aos jovens cuidadores informais nas áreas da saúde, educação e juventude. Uma situação que pode colocá-los em risco em termos de saúde física e mental, pobreza e exclusão social, com potencial impacto negativo no seu desenvolvimento e qualidade de vida. Estes indivíduos apresentam, igualmente, o dobro do risco de integrar o grupo de jovens que nem trabalham nem estudam (NEET).

Os jovens cuidadores são crianças e jovens menores de 18 anos que garantem ou pretendem prestar cuidados, assistência ou apoio a outro membro da família, realizando, muitas vezes de forma regular, tarefas de cuidados significativos ou substanciais e que assumem um nível de responsabilidade que, normalmente, estaria associado a um adulto.

A iniciativa, que representa um investimento total na ordem dos 230 mil euros, dos quais 105 mil serão comparticipados pelo Município de Gaia, pretende promover a identificação dos jovens cuidadores, desenvolver competências junto dos docentes e não docentes para a promoção de medidas educativas inclusivas, garantir a saúde e bem estar dos jovens cuidadores, apoiando-os nos seus estudos e dando acesso a atividades recreativas e de lazer, capazes de promover o desenvolvimento de soft skills e de empreendedorismo.

Além de inovador, o projeto propõe uma abordagem multinível que se pretende implementar com o envolvimento integrado e personalizado da saúde, da educação e da juventude. Trata-se, assim, de uma nova resposta com impacto significativo no desenvolvimento físico, emocional e social dos jovens cuidadores, promotora do sucesso educativo, da diminuição do abandono escolar e de competências fundamentais, valorizadas pelo mercado de trabalho.