Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 23 Fev 2021 Apoio financeiro a cinco instituições no âmbito do Gaia+Inclusiva Contratos-programa somam total de 126.600 euros
A Câmara Municipal aprovou, na reunião do executivo de 22 de fevereiro, cinco contratos-programa que visam assegurar apoio financeiro, no valor global de 126.600 euros, a cinco IPSS para a sua atividade regular ou para investimento, no âmbito do Programa Municipal de Ação Social Gaia + Inclusiva. Vão usufruir deste apoio a Associação Pró-Infância de Pedroso, o Centro Social de São Miguel de Arcozelo, a Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo, a Associação de Solidariedade Humanitária de Canelas e a Fundação Padre Luís.

"As atividades desenvolvidas por estas instituições da economia social ao nível da prestação de cuidados e serviços de apoio social às crianças mais carenciadas têm um grande interesse para a comunidade local em que se inserem, contribuindo sempre para a promoção da igualdade de oportunidades, a inclusão social e a solidariedade”, justifica a autarquia.
 A Associação Pró-Infância de Pedroso tem vindo a desenvolver um conjunto de respostas sociais de apoio a pessoas e grupos vulneráveis, em especial a infância. A verba destinada a esta associação é de 33 mil euros, visando o apoio à aquisição de uma viatura.

 O Centro Social de São Miguel de Arcozelo tem vindo a desenvolver um conjunto de respostas sociais de apoio à terceira idade, nomeadamente nas áreas de centro de convívio, centro de dia, apoio domiciliário e estrutura residencial para pessoa idosas, e usufruirá de um apoio de 16 mil euros por parte do Município, com vista à realização de obras.
 A Associação de Solidariedade Social dos Idosos de Canidelo, que atua na vertente social e tem-se afirmado como uma referência local na promoção cultural e social de idosos, receberá um apoio de 16 mil euros para o fornecimento e instalação de ar condicionado.

 O apoio para a Associação de Solidariedade Humanitária de Canelas, que se afirma como uma referência local na prestação de cuidados e serviços à população mais carenciada da freguesia, é de 29.600 euros e destina-se à instalação de equipamento elevatório de transporte de utentes.

Finalmente, a Fundação Padre Luís, que tem também vindo a desenvolver um conjunto de respostas sociais de apoio a pessoas e grupos vulneráveis, nomeadamente a apoio à creche e jardim de infância, receberá um apoio da Câmara de 32 mil euros para a aquisição de material informático.