Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi

Tufão fintou o destino

Cão adotado no Centro de Reabilitação viu a sua vida ser salva
09-10-2014


O destino de Tufão, um cão de raça sher-pei, estava traçado. Depois de ter sido encontrado abandonado na Estrada Nacional 222, com muita fome e saúde frágil, as esperanças eram poucas e o abate quase inevitável. Porém, lançado um apelo nas redes sociais, houve um casal que acreditou. Hoje, Tufão é um cão recuperado e feliz, que se junta a Lola, Joca e Óscar numa nova vida. 

"Quando o Tufão chegou passou os primeiros cinco dias muito nervoso. Não se sentava, não se deitava, não tinha paz. Eu e a minha mulher dormimos com ele na sala e, aos poucos, foi-se adaptando. Mas tinha sempre muito medo quando, por momentos, tínhamos de sair", lembra Paulo Amaral, a propósito dos primeiros dias de Tufão.

Passada esta primeira fase de adaptação, Tufão começou a entrar nas brincadeiras e a integrar-se no dia-a-dia da nova casa. Hoje, volvidos dois meses, está em fase de recuperação de peso, da alegria e já é um especialista em longas caminhadas.

"Ele agora não dispensa longos passeios. E dá-se muito bem com os outros cães da casa. É um cão desconfiado, é certo, mas é muito meigo e pacato", descreve-o Paulo Amaral.

Esta não é a primeira vez que o casal Paulo Amaral / Antónia Duarte adopta cães em estado crítico. Antes de Tufão, também o cão Joca esteve perto do abate. O casal, que reside em Famalicão, fez mais de 200 quilómetros para responder a um apelo vindo do Canil de Tomar. Joca salvou-se, perdeu a agressividade e tornou-se pacato e dócil. E também ele escreve mais uma história feliz!

O Centro de Reabilitação Animal realiza regularmente ações de sensibilização para a adoção de animais, bem como ações de combate ao abandono durante as férias. Para mais informações estão disponíveis através do número 223742409.