Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 14 Set 2018 Teatro Almeida e Sousa será o novo equipamento cultural municipal Autarquia investe mais de 780 mil euros para requalificar o edifício
A Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e a Fábrica da Igreja Paroquial de São Pedro de Avintes assinaram, a 14 de Setembro, o acordo de colaboração com vista à aquisição plena, pela autarquia, do Teatro Almeida e Sousa, um equipamento inaugurado em 1895 que fechou as suas portas em 1997 e já foi alvo de várias tentativas de reabilitação que nunca ficaram concluídas. A compra total custa 280 mil euros, sendo que 160 estão pagos, faltando uma fatia de 120 mil euros. Por sua vez, o anteprojeto das obras de remodelação ultrapassa os 500 mil euros, investimento inteiramente municipal.

"É um equipamento icónico da freguesia de Avintes, hoje abandonado, onde o teatro amador floresceu e onde queremos que volte a grande dinâmica cultural da freguesia e do concelho. É, ao mesmo tempo, um novo equipamento para enquadrar no conjunto dos equipamentos culturais municipais, com programação própria e criação de públicos para a cultura”, evidenciou Eduardo Vítor Rodrigues.

O projeto prevê uma requalificação que irá manter os traços originais, com auditório com capacidade para 180 pessoas, uma sala de exposições, e outras áreas. Estima-se que a obra comece em 2019.

A cerimónia contou com a presença de Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Gaia, D. Manuel Linda, bispo do Porto, Cipriano Castro, presidente da Junta de Freguesia de Avintes, e José Augusto Oliveira, pároco de Avintes.