Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 24 Set 2016 Plano de Ação para o Litoral Norte será dividido por trinta intervenções As obras decorrerão entre 2016 e 2019 na zona costeira entre Caminha e Espinho.
De visita a Vila Nova de Gaia no dia 24 de Setembro, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, apresentou o Plano de Ação para o Litoral Norte, que inclui um conjunto de trinta intervenções, no valor de cerca de 32 milhões de euros, a decorrer entre 2016 e 2019, na zona costeira entre Caminha e Espinho. De acordo com João Pedro Matos Fernandes, "são obras não a pensar no que aconteceu ontem, mas a pensar no que pode vir a acontecer amanhã”.

Em Vila Nova de Gaia está já a decorrer a requalificação da escadaria da Meia Laranja, na praia da Granja, em S. Félix da Marinha, que está a ser retirada e substituída por pedras de granito. A estrutura apresentava sinais de degradação e estava em risco de derrocada, pelo que a Agência Portuguesa do Ambiente avançou com a obra, no valor de cerca de 190 mil euros.

De um modo geral, o conjunto de intervenções constituem ações prioritárias para a defesa costeira, sendo que a costa Norte enfrenta problemas de erosão, nomeadamente a subida da linha máxima preia-mar de águas vivas e equinociais que provocam galgamentos e o emagrecimento das praias balneares. Estas intervenções preveem a reabilitação de esporões, reconstituição dunar, demolições em Domínio Público Marítimo, construções de Ecovias, ordenamento de áreas de estacionamento e recuperação de passadiços. Das trinta intervenções previstas, quatro já estão em curso, estando previsto que até ao final deste ano esse número possa aumentar para dez.

Antes da apresentação do Plano de Ação para o Litoral Norte, na Estação Litoral da Aguda, João Pedro Matos Fernandes visitou intervenções de proteção do litoral na zona envolvente à Capela de Paramos, em Espinho, e nas praias da Granja, em Vila Nova de Gaia, acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal, Eduardo Vítor Rodrigues.