Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 20 Jan 2017 Miguel Miranda deu «Palavras Soltas» Escritor gaiense partilhou histórias no Arquivo Municipal


O Arquivo Municipal Sophia de Mello Breyner recebeu, no dia 20 de Janeiro, mais um momento do ciclo de conversas musicadas intitulado «Palavras Soltas». O convidado deste novo espetáculo foi o gaiense Miguel Miranda, um profissional de renome que tem conseguido aliar a sua carreira de médico à de escritor. Além do exercício clínico, Miguel Miranda, como escritor, obteve o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco (Associação Portuguesa de Escritores), em 1996, com o livro «Contos à Moda do Porto»; o Prémio Caminho de Literatura Policial, em 1997, com o livro «O Estranho Caso do Cadáver Sorridente»; e o Prémio Fialho de Almeida, da SOPEAM, em 2011 e em 2013, com «A Maldição do Louva-a-Deus» e «Todas as Cores do Vento».
O objetivo deste ciclo de «Palavras Soltas», uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Gaia e enquadrada no Cartão Municipal do Professor, é partilhar com o público os processos criativos dos artistas, ao mesmo tempo que os convidados recordam momentos marcantes das suas atividades profissionais. Por aqui já passaram nomes sonantes do nosso panorama artístico, como David Fonseca, Sara Tavares, Blind Zero, Richard Zimler ou Mundo Segundo.