Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 06 Dez 2017 MEO Marés Vivas 2018 com nova ‘casa’ Festival realiza-se de 20 a 22 de julho na antiga Seca do Bacalhau, estando já confirmadas as presenças dos Jamiroquai, Goo Goo Dolls e Kodaline
O MEO Marés Vivas já tem data, novo local e os primeiros artistas do cartaz. Forçado a abandonar a localização anterior devido ao início da construção de um projeto imobiliário – licenciado em 2007 –, o festival vai realizar-se de 20 a 22 de julho de 2018 no espaço da antiga Seca do Bacalhau. "O novo recinto fica a 500 a 600 metros, em linha reta, do antigo, estando agora mais próximo do mar e do rio”, explicou, na apresentação do evento, Jorge Lopes, da PEV Entertainment, promotora do evento. O responsável adiantou ainda que a nova localização permitirá duplicar a lotação do recinto, passando para uma capacidade de 20 para 40 mil pessoas por dia. Jorge Lopes sublinhou, também, que este recinto "vai permitir dar o salto” para que este seja "não só o maior festival do Norte, mas também um dos maiores do País”, prevendo novamente lotação esgotada nos três dias. 
Na apresentação do Marés Vivas 2018, que decorreu no Convento Corpus Christi a 6 de dezembro, o presidente da Câmara Municipal de Gaia destacou a consolidação do festival e o "esforço que o Município faz para apadrinhar, do ponto de vista financeiro e simbólico, um evento que interfere positivamente na vida da comunidade”. Sobre a nova localização, Eduardo Vítor Rodrigues lamentou que o anterior espaço vá ser agora urbanizado, "numa zona que era e devia ser de fruição”, graças a um licenciamento datado de 2007. Por outro lado, o autarca congratulou-se pelo novo recinto permitir dar "outro músculo” ao festival, mantendo "aquele cenário idílico”.
Já Alexandre Fonseca, presidente executivo da MEO, salientou o "sucesso evidente” destes oito anos de parceria com o Marés Vivas. "Estarmos próximos da música é uma das formas de estarmos na sociedade portuguesa”, explicou, assegurando estar satisfeito "por ver a notoriedade que este festival já granjeou dentro e fora de Portugal”.
Goo Goo Dolls (20 de julho) e Kodaline (dia 21) foram os primeiros nomes anunciados pela organização para o MEO Marés Vivas 2018, durante a apresentação. Já no dia seguinte foi anunciada a atuação dos Jamiroquai, agendada para 20 de julho.