Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 17 Fev 2017 «Mais Saúde, Melhor Futuro» foi apresentado na EB 2/3 de Valadares O projeto educativo visa contribuir para a implementação de iniciativas dos ministérios da educação e da saúde
A escola B 2/3 de Valadares acolheu, a 17 de Fevereiro, a apresentação do projeto escolar de educação para a saúde intitulado «Mais Saúde, Mais Futuro», da responsabilidade da Editora Santillana. Com o objetivo de contribuir para a implementação de iniciativas do Ministério da Educação (referencial de educação para a saúde) e do Ministério da Saúde (Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável), a participação das escolas neste projeto é gratuita. O projeto pretende ainda fomentar a literacia em saúde, promover atitudes, valores e competências que suportem comportamentos saudáveis, contribuir para a inclusão de crianças e jovens com necessidades especiais, criar dinâmicas favoráveis à promoção da saúde e prevenção da doença em contexto escolar, contribuir para um ambiente escolar seguro e saudável e colaborar com os diferentes agentes educativos e sociais na difusão de projetos de promoção da saúde.

Inserido no âmbito da responsabilidade social corporativa da Editora Santillana, o projeto define-se como uma iniciativa que resulta da parceria com instituições de reconhecido prestígio nas áreas da saúde, que garantem o rigor científico dos conteúdos dos diferentes módulos e conta com o apoio de entidades com intervenção social, que contribuem para o seu financiamento. 

No lançamento desta iniciativa esteve presente a vereadora da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Elisa Cidade, acompanhada por representantes das várias entidades parceiras do projeto, nomeadamente a Fundação Manuel António da Mota, a Liga Portuguesa Contra o Cancro, a Sociedade Portuguesa de Hipertensão, a Associação Portuguesa de Nutricionistas, o diretor do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, a equipa do programa PRESSE, entre outros.


Principais dados do projeto:
- três exposições itinerantes (uma por módulo temático com 12 painéis por exposição);
- três guias com informação e sugestões de atividades;
- três manuais de apoio (mais de 500 páginas com informação e recursos educativos);
- onze itinerários pedagógicos para professores, por ano letivo;
- três cursos de formação para professores, por ano letivo;
- mais de trezentas escolas por ano letivo;
- mais de 80 mil alunos, por ano letivo.