Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 19 Jun 2019 Inaugurado reforço da proteção das margens do rio entre a Quinta dos Cubos e o Cais do Esteiro Investimento rondou os 1,4 milhões de euros
O reforço de muros de suporte e contenção da margem do rio Douro entre a Quinta dos Cubos e o Cais do Esteiro, em Vila Nova de Gaia, foi inaugurado a 19 de junho, numa cerimónia presidida pelo ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes. A obra, orçada em 1,4 milhões de euros, consistiu no reforço da proteção de um troço da margem esquerda do rio Douro na zona do estuário, através da construção e da reconstrução de muros de contenção. O objetivo passou por "inverter a situação de erosão progressiva dos terrenos marginais associada ao recuo da margem e à instabilidade dos terrenos sobrejacentes”. 

A empreitada foi assegurada pela Agência Portuguesa do Ambiente e contou com o financiamento do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR). Esta é uma das fases de obra do projeto Encostas do Douro, empreitada num total superior a 16 quilómetros de orla ribeirinha que está a ser realizada por etapas e que no total implica um investimento superior a dez milhões de euros.

Nesta cerimónia foi, ainda, assinado o contrato para outra intervenção da mesma natureza para reforço da proteção da margem esquerda do estuário do Douro, no troço compreendido entre a Quinta dos Frades e o Cais do Esteiro, envolvendo um investimento global de 1,4 milhões de euros, com financiamento do POSEUR.