Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 20 Mar 2018 Gaia entre as cinco finalistas ao Prémio de Boas Práticas de Participação 2017 Plano Municipal da Juventude de Gaia é a iniciativa que está a concurso
Vila Nova de Gaia, com o Plano Municipal da Juventude de Gaia, é uma das cinco finalistas ao Prémio de Boas Práticas de Participação 2017, tendo ficado na terceira posição. De caráter anual, esta iniciativa, organizada pela Rede de Autarquias Participativas (RAP) e que já vai na sua terceira edição, pretende contribuir para a implementação, disseminação e valorização de práticas inovadoras de democracia participativa no país. 

Em concurso estiveram 19 práticas que foram sujeitas a avaliação de um júri composto por membros da Associação In Loco, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e do Observatório Internacional da Democracia Participativa. 

Segue-se uma nova fase, a votação pública, que decorrerá de 26 de março a 22 de abril. Tanto a votação do júri como a pública (que terá lugar em www.portugalparticipa.pt) terão um peso de 50% na pontuação final. 

A construção do Plano Municipal da(s) Juventude(s) de Gaia foi um projeto pioneiro que teve início em setembro de 2015, com a realização de 88 entrevistas a serviços municipais, agentes locais e peritos de juventude. Seguiu-se o ciclo de diálogo estruturado «Mais Voz à Juventude, entre janeiro e abril de 2017, que envolveu mais de trezentos participantes e foi desenvolvido com o apoio do Conselho Nacional da Juventude e das 15 juntas e uniões de freguesia do concelho.

As cinco práticas melhor classificadas pelo júri e respetivas classificações (escala de 0 a 10) são:
- Orçamento Participativo Jovem do Município de Cascais (8,87);
- Processo de Participação Pública na Agenda Estratégica de Cooperação Transfronteiriça Amizade dos Municípios de Cerveira e Tomiño (8,27);
- Plano Municipal da Juventude do Município de Vila Nova de Gaia (8,01);
- Momentos i do Município de Viana do Castelo (7,99);
- Orçamento Participativo do Município do Funchal (7,77).