Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 04 Mar 2020 Gaia diz «Hoje, não!» Projeto pretende prevenir violência no namoro
«Hoje, não». Este é o nome do projeto concebido pela Associação Portuguesa de Mulheres Juristas (APMJ) que visa potenciar a prevenção e o combate do fenómeno da violência no namoro, desconstruindo os mitos associados ao crime de violação, muito especialmente no âmbito das relações de namoro. Pretende, ainda, fomentar o papel dos jovens como agentes ativos de mudança social, capazes de refletir sobre as consequências dos seus comportamentos e de adquirir novas competências, utilizando-as eficazmente com repercussões no seu mundo pessoal e comunitário.

A Câmara Municipal de Gaia tem vindo a implementar e desenvolver, neste domínio, diferentes projetos dirigidos a agregados em situação de vulnerabilidade, em parceria com diversas entidades. Neste caso concreto, vai avançar com um protocolo de cooperação com a APMJ, que se traduz num apoio financeiro de 5 mil euros, com vista à implementação deste projeto junto da comunidade educativa do concelho, mais concretamente jovens estudantes com idades entre os 16 e os 18 anos, que frequentem, nesta primeira fase, a escola profissional de Gaia e a escola profissional do Infante.

O projeto «Hoje, não» será articulado com o corpo de direção dos estabelecimentos de ensino e traduzir-se-á nas seguintes ações: preparação e realização de uma simulação de audiência de julgamento de um crime de violação cometido numa relação de namoro entre dois jovens; votação online da sentença numa plataforma eletrónica própria e realização de um debate após a simulação da audiência de julgamento com o objetivo de discutir a sentença proferida.

"Joana e Miguel são dois estudantes, que se conheceram, simpatizaram e começaram a namorar. Uma noite, Miguel leva Joana para a sua casa e força-a a ter relações sexuais. Na sequência da queixa-crime apresentada por Joana contra Miguel, este é acusado de ter cometido um crime de violação”. «Hoje, não» será a simulação deste julgamento. Miguel deve ser absolvido ou condenado? Porquê? Os jovens de Gaia serão chamados a debater. Saliente-se que este projeto já foi implementado em algumas escolas de Braga e do Porto.