Notícias 18 Mai 2017 Gaia desenvolve projeto pioneiro na área da juventude 1ª Conferência de Juventude de Gaia celebrou a diversidade das juventudes do concelho

A 1ª Conferência da Juventude de Gaia, realizada nos dias 18 e 19 de Maio, juntou jovens, agentes e organizações de juventude e decisores nacionais para concluir o ciclo «Mais Voz à Juventude», debater a importância da participação jovem e apresentar as linhas orientadoras do primeiro Plano Municipal da Juventude de Gaia. O evento incluiu momentos para os jovens apresentarem projetos inspiradores locais e mostrarem o grande dinamismo já presente no concelho. O grande realce foi a confirmação de que Gaia está a desenvolver um projeto pioneiro e inovador.

"Faz sentido termos um Plano Municipal de Juventude”, começou por referir o presidente da Câmara Municipal de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, na sessão de abertura. Face à pluralidade das juventudes de Gaia, o autarca esclareceu que "um bom plano deve entender as diferenças, diagnosticá-las, conceptualizá-las e depois testar um conjunto de eixos que permitam encontrar respostas multidimensionais”, reforçando que o mérito deste projeto esteve no apelo à participação jovem.

Este projeto foi, também, destacado pelo diretor norte do Instituto Português do Desporto e Juventude, Vítor Dias, que referiu que "o Município de Gaia está a trabalhar de forma correta, da base para o topo, ouvindo os jovens e envolvendo-os na construção daquilo que são os seus interesses e projetos para o futuro”.

A construção do primeiro Plano Municipal da Juventude de Gaia começou em setembro de 2015, tendo realizado uma primeira fase de auscultação junto de serviços municipais, agentes locais e peritos nacionais, que permitiu elaborou um diagnóstico da juventude. Entre janeiro e abril de 2017, a Câmara de Gaia dinamizou uma segunda fase de auscultação através do ciclo «Mais Voz à Juventude». Esta iniciativa contou com o apoio das 15 juntas de freguesia e do Conselho Nacional de Juventude e envolveu mais de 300 participantes na co-construção da futura estratégia de juventude.

O primeiro Plano Municipal da Juventude de Gaia propõe o envolvimento dos jovens entre os 13 e os 30 anos de idade e dos agentes que trabalham ou fazem voluntariado com jovens na implementação das políticas locais de juventude, avançando oito áreas de atuação: empregabilidade e empreendedorismo; educação e formação; saúde e bem-estar; criatividade e cultura; coesão social; participação; juventude e o mundo; voluntariado.

De realçar ainda que participaram na 1ª Conferência da Juventude de Gaia o Instituto Português do Desporto e Juventude, Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Ação, Conselho Nacional de Juventude, Federação Nacional das Associações Juvenis, Federação das Associações Juvenis do Distrito do Porto, Fundação da Juventude, Federação Académica do Porto, Impulso Empreendedor, Abrigo Seguro, Agrupamento de Centros de Saúde de Espinho/Gaia, We Came From Space, Mais Jovem, Colégio Internato dos Carvalhos, Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Gaia e a Escola Secundária Dr. Joaquim Gomes Ferreira Alves.