Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 01 Out 2019 Gaia candidata projeto artístico de inclusão social Companhia permitirá capacitação nas artes do espetáculo a 45 pessoas com deficiência mental ligeira
A Câmara Municipal de Gaia pretende ser investidor social, através de um co-financiamento até 180 mil euros, de um projeto que prevê a criação de uma companhia de formação artística destinada a pessoas com deficiência mental ligeira. O projeto foi em setembro submetido a candidatura, através do Programa Parcerias para o Impacto da Portugal Inovação Social, pelo Teatro do Bolhão.

O «Companhia – Projeto Artístico» será enquadrado no CIS – Centro de Inclusão Social e irá permitir a capacitação técnica e artística nas artes do espetáculo, durante três anos, a um grupo de 45 pessoas com características especiais, ao nível da deficiência mental ligeira. Uma população com muitas capacidades que carece de oportunidades de formação que lhes permitam manter, após o 12.º ano, as competências já adquiridas e superarem-se descobrindo novas. Esta capacitação far-se-á com o modelo de funcionamento de uma "companhia”, onde todos os elementos serão acompanhados por profissionais do Teatro do Bolhão, nas diferentes áreas. Num contexto de trabalho para a criação teatral serão desenvolvidas competências específicas, partindo de uma aprendizagem prática, com muitas potencialidades de servir outras dinâmicas e interesses. Foram definidas, dentro das áreas do espetáculo, as matrizes que permitam iniciar a abordagem destas linguagens, que muitas vezes representam lacunas deste meio profissional.

As áreas envolvidas no processo de criação teatral são as seguintes: luz e som (competências técnicas, montagem de som, programação de luz, vídeo, fotografia); figurinos (costura e criação); cenografia e adereços (criação de máscaras, desenho, marionetas, objetos, espaços cénicos); interpretação e criação (voz, movimento, canto, música, improvisação, dança criativa, escrita criativa, encenação, leituras encenadas, projetos artísticos).

Nesta dinâmica de criar em grupo com o objetivo final de comunicar com um público através das linguagens do teatro, serão mobilizados processos de transformação pessoal que naturalmente desencadeiam, nos seus elementos, o desenvolvimento de competências motoras, sociais, humanas e artísticas. Todas as áreas estarão articuladas de acordo com uma temática que será definida para cada trimestre, onde todos irão trabalhar em contexto de trabalho/profissional para a criação de uma apresentação.