Notícias 18 Nov 2017 Gaia acolheu apresentação pública do projeto «Be Sweet – No Sugar» Trata-se de um negócio social que tem como fim a confeção de doces para diabéticos
«Be Sweet - No Sugar» é o nome de um negócio social criado com o objetivo de confecionar doces para pessoas com diabetes, feitos por jovens em situação de vulnerabilidade. Vencedor do concurso «Mundar 2017» (destinado a fomentar o empreendedorismo jovem), este projeto foi apresentado publicamente no dia 18 de novembro, no Fórum de Cidadania e Juventude de Vila Nova de Gaia. O evento, que contou com a presença do vereador Elísio Pinto foi enriquecido com os testemunhos de várias figuras ligadas à nutrição, saúde e alimentação. Assim, do lote de oradores fizeram parte Tatiana Gomes, do Projeto Mundar, Ana Sousa, mentora do «Be Sweet – No Sugar», Luís Sotto Mayor, chef de cozinha, Margarida Mogadouro, enfermeira, Liliana Afonso e Inês Amador, nutricionistas, Ana Bárbara Laúndes, paciente, e Vasco Germano, dirigente associativo.

Da autoria de Ana Sousa e promovido pelo projeto «Check In - Entrada para o Sucesso - E6G», o projeto nasceu da carência no mercado de doces para pessoas com diabetes que, sempre que desejam optar por uma sobremesa sem açúcar, têm dificuldade em encontrar este produto nos tradicionais mercados. Assim, pretende colmatar-se esta falha, melhorando os hábitos de consumo de doces, ao mesmo tempo que é possível promover-se o empreendedorismo e a sustentabilidade de jovens do «Check In» em situação de carência económica, uma vez que o lucro das vendas reverterá para estas famílias.