Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 28 Abr 2018 Encontro das Coletividades centrado no futuro Iniciativa reuniu instituições e dirigentes associativos
A Federação das Coletividades de Vila Nova de Gaia realizou, a 28 de Abril, no auditório do Parque Biológico, um encontro associativo que contou com a presença de mais de uma centena de instituições e de cerca de duzentos dirigentes associativos. Com o apoio da Câmara Municipal de Gaia, a iniciativa centrou-se no futuro destas entidades, numa partilha de estratégias para contornar as novas exigências das comunidades.

"Este encontro é um pretexto para reforçar a relevância das coletividades e valorizar a dedicação, o empenho e o trabalho realizado, que fazem parte da nossa própria vida e do desenvolvimento da comunidade”, começou por afirmar César Oliveira, presidente da Federação das Coletividades de Gaia. 

Para Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Gaia, "este movimento associativo tem contado com a nossa tentativa de operacionalizar e resolver os problemas do dia-a-dia das instituições, mas hoje também queremos capacitar os dirigentes com esta discussão técnica e reforçar a ligação com os interlocutores que aqui estiveram”, salientou, acrescentando que este é o momento para reforçar os apoios ao movimento associativo, agora que as contas da autarquia estão estabilizadas. 

Ao longo do dia foram debatidas algumas temáticas, cujo impacto no quotidiano destas instituições é notório. O economista e gestor Carlos Balreira centrou a sua intervenção nos assuntos de contabilidade e fiscalidade, ao passo que Susana Rocha, mestre em Higiene e Segurança Alimentar, abordou a importância da higiene e segurança alimentar no seio das instituições. As medidas de segurança e de autoproteção nas instituições foram, de igual modo, outro dos assuntos tratados, com as intervenções de Vítor Primo (Comandante dos Bombeiros Sapadores de Gaia), Paula Azevedo (técnica superior dos Bombeiros Sapadores e Proteção Civil de Gaia) e Fátima Januário (mestre em Segurança contra Incêndios Urbanos).