Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias «Educar para ser. Ensinar para saber» em debate no I Congresso da FEDAPAGAIA O congresso decorreu no auditório da paróquia de Mafamude
A Federação das Associações de Pais do Concelho de Gaia (FEDAPAGAIA) organizou a 12 de Novembro o I Congresso Escola. Família. Sociedade que, sob o mote «Educar para ser. Ensinar para saber», lançou o repto junto da comunidade educativa sobre questões da educação que estão na ordem do dia. Centrando-se no binómio saber/ser e no papel que os diferentes intervenientes devem ter no desenvolvimento de competências nos alunos, o evento contou com a participação do secretário de Estado da educação, João Costa, do presidente da Câmara Municipal de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, de Eduardo Sá, Sampaio da Nóvoa, Jorge Gabriel, entre muitos outros oradores. 

A Escola deve ser apenas transmissora do "saber” ou contribuir para "ser”? Como deverá ser trabalhada a percentagem dos 25% de flexibilidade de autonomia curricular? Num novo contexto de descentralização de competências, com maior protagonismo das Escolas ou dos Municípios, estará a comunidade educativa mobilizada e preparada para o papel mais interventivo que lhe é pedido? Estas foram algumas das questões a que o I Congresso da FEDAPAGAIA pretendeu dar resposta juntando várias sinergias: Governo, Autarquia, Diretores de Escolas, Professores e Pais.

Carlos Gonçalves, presidente do Conselho Executivo da FEDAPAGAIA, abriu o congresso em conjunto com o presidente da CONFAP, Jorge Ascenção, tendo-se seguido seis intervenções da comunidade. Este foi o momento em que a sociedade civil transmitiu aos congressistas as experiências, dificuldades e a visão que cada um dos setores (Docência, NEE, CPCJ, Justiça, Movimento Associativo Parental e Movimento Associativo Estudantil) tem sobre a escola, o ensino, os alunos, os pais, os decentes e sobre a relação entre cada um deles.

O programa continuou com o painel "Escola, Família e Sociedade”, a que se seguiu o debate moderado por Jorge Gabriel. Depois do almoço, o painel "Ensinar para ser/Educar para saber” foi da responsabilidade de Sampaio da Nóvoa, Eduardo Sá e do Secretário de Estado da Educação, João Costa, com debate moderado pela jornalista Bárbara Wong. As conclusões do I Congresso foram apresentadas por Albino Almeida e o encerramento coube ao presidente da Câmara Municipal de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues.