Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 19 Nov 2016 Dia do Prematuro Data assinalada pela unidade de neonatologia do Hospital de Gaia com algumas iniciativas repletas de simbolismo

Criado em 2009, o Dia Mundial da Prematuridade (17 de Novembro) celebra-se, hoje, em mais de cinquenta países e tem como intuito principal assinalar o prematuro e lançar o debate em torno das estratégias que devem ser adotadas para diminuir a taxa de prematuridade. A pensar nisso, o serviço de neonatologia do Centro Hospitalar Gaia/Espinho associou-se às comemorações, abrindo a unidade com a presença de pais e enfermeiros às entidades locais, que conheceram de perto uma realidade que muitas vezes é desconhecida. Durante a visita à unidade, a Associação Pais Prematuros, representada por Ilídia Silva, distribuiu lembranças aos bebés que se encontram na unidade, sendo que as mesmas foram entregues pelo vereador da Câmara Municipal de Gaia Manuel Monteiro, para quem foi um prazer estar nesta cerimónia. "Estes serviços não podem fechar, têm de ser vistos de outra forma, reabilitados e melhoradas as condições de modo a que possamos ter em Vila Nova de Gaia, a sul do rio Douro, um equipamento que possa dar consistência ao tratamento de prematuros”, referiu.

Na cerimónia esteve presente António Vilarinho, diretor do serviço de pediatria/neonatologia, para quem "esta unidade do hospital de Gaia é diferenciada, catalogada pelo Ministério da Saúde, e dá assistência a todos os recém-nascidos de diferentes graus de gravidade, tanto médicos como cirúrgicos”. Para Ana Claro Coelho, diretora clínica do centro hospitalar, esta unidade, que trabalha há 26 anos, "faz um trabalho de altíssima qualidade e tem salvo muitas vidas”. A responsável acrescentou que "hoje em dia a natalidade é cada vez mais reduzida e cada criança já era um tesouro. Neste momento, cada criança é um tesouro raro e, portanto, tem de ser cuidado dentro da sua unidade familiar o melhor possível”. Belmiro Rocha, diretor do Centro Hospitalar, Anabela Gomes, responsável da unidade de neonatologia, Fátima Praça, diretora UGI Mulher e Criança, entre vários outros elementos da equipa, marcaram também presença.

Além da visita, no dia 19 de Novembro decorreu ainda, no mesmo serviço, uma tarde convívio entre pais, prematuros e profissionais de saúde, com a realização de um flash mob, fotografias, largada de balões e um simbólico lanche.