Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 17 Jan 2020 CPLP reunida em Gaia Ano da CPLP para a juventude celebrado em Gaia
O Auditório Municipal de Gaia recebeu a sessão de encerramento do «Ano da Comunidade de Países de Língua Portuguesa para a Juventude». Em 2019, a CPLP deu particular atenção ao envolvimento dos jovens no planeamento, implementação, monitorização e avaliação das suas políticas de desenvolvimento, em articulação com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O evento serviu para se dinamizar a candidatura de Gaia a Capital Europeia da Juventude em 2024.

"A candidatura #Gaia2024 é um projeto da lusofonia. A língua portuguesa constrói laços e pontes que são inquebráveis. Estamos nesta candidatura com um propósito inclusivo, de salvaguarda dos direitos dos jovens e de multiculturalidade. Contamos com todos os países da CPLP neste nosso grande percurso de candidatura”, salientou Elísio Pinto, Vereador da Câmara Municipal de Gaia com o pelouro da juventude, na sua intervenção. 

Da sessão de encerramento constou um painel intitulado "a juventude e o futuro da CPLP” que contou com as intervenções de Tcherno Baldé, da Academia de Líderes Ubuntu/Instituto Padre António Vieira e de Joaquim Ramos Pinto, presidente da Direção Nacional da Associação Portuguesa de Educação Ambiental e da Rede Lusófona de Educação Ambiental. A moderação esteve a cargo de Carlos Santos, consultor em políticas de juventude.

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa é constituída por nove países: Portugal, Angola, Brasil, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique e Timor-Leste. Este evento registou casa cheia, fruto do envolvimento de várias escolas secundárias do concelho. 

Refira-se que a Câmara Municipal de Gaia está a organizar diversas sessões de trabalho com jovens para recolha de contributos destinados à candidatura #Gaia2024. O próximo "PowerUp” está marcado para 3 de fevereiro, no Centro Paroquial e Social de Mafamude e terá como tema a educação não-formal.