Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 03 Jul 2018 Construção do novo edifício do Hospital de Gaia Foi assinado o contrato de consignação da Fase B da construção do novo edifício hospitalar
A fase B das obras do novo edifício hospitalar do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho foi consignada, a 3 de Julho, numa cerimónia que contou com a presença dos presidentes das Câmaras Municipais de Gaia e Espinho, Eduardo Vítor Rodrigues e Pinto Moreira respetivamente, do presidente do Conselho de Administração do CHVNG/E, António Dias Alves, e do presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Norte, Pimenta Marinho. A empreitada, que tem um prazo de 350 dias para estar concluída, custará 16 milhões de euros e afigura-se como "uma obra dramaticamente importante”, tal como descreveu António Dias Alves. 

A cerimónia decorreu nas instalações onde ficarão localizadas as urgências daquela unidade hospitalar. "A nova urgência vai ter o dobro do tamanho da atual, com uma estrutura adequada à tecnologia atual, vai ter todo o tipo de respostas urgentes e vai ter, próxima, um serviço de medicina intensiva de alto nível”, acrescentou o responsável do centro hospitalar que adiantou, ainda, que estas obras irão permitir que o hospital tenha "um serviço de urologia com uma adequada lotação”, sendo, por isso, "o início de um caminho que vai transformar este hospital num hospital moderno, ao nível dos melhores”, concluiu. 

Por usa vez, foi com um "sentimento de orgulho e felicidade” que Eduardo Vítor Rodrigues falou ao público presente, que incluiu vários elementos da equipa do hospital. Para o presidente da autarquia de Gaia, "este é um hospital decisivo para a qualidade de vida dos cidadãos”.

A fase seguinte da obra de requalificação deste centro hospitalar ocorrerá durante o terceiro trimestre de 2018, com a adjudicação da última fase do projeto, no valor de 30 milhões de euros.