Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 30 Nov 2016 Casa da Arquitetura inaugurada a 16 de Junho do próximo ano O projeto foi apresentado no final de Novembro na “Biennale” de Veneza
A futura Casa da Arquitectura "é a primeira instituição portuguesa total e exclusivamente dedicada à divulgação, ao arquivo e à valorização da arquitetura, mas também ao debate e à reflexão sobre esta arte a que Matosinhos está profundamente ligado”. As palavras de Guilherme Pinto, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, sintetizam este que é um projeto de âmbito nacional que irá homenagear a arquitetura, representando no seu acervo, entre outros, projetos e maquetas dos três prémios Pritzker de língua portuguesa, nomeadamente: Álvaro Siza Vieira, Eduardo Souto de Moura e Paulo Mendes da Rocha.

Foi na 15.ª Exposição Internacional de Arquitetura «La Biennale di Venezia 2016», realizada no final de Novembro, que foi levantado um pouco do véu de um projeto que servirá também como bandeira de Portugal no Mundo e que abrirá as portas no dia 16 de Junho de 2017, na Real Vinícola. Esta passará a ser a sede da Casa da Arquitectura, um inventário de arquivos, uma montra do trabalho dos arquitetos e o primeiro museu exclusivamente dedicado à arquitetura. 

A inauguração da Casa da Arquitectura acontecerá com a exposição «Poder Arquitectura», comissariada por Jorge Carvalho, Pedro Bandeira e Ricardo Carvalho. Esta exposição apresentará quatro dezenas de projetos ilustrativos da relação da arquitetura com oito poderes que se alinham, infletem, divergem entre si e influenciam o modo como o mundo construído se ordena, destacando-se obras de Álvaro Siza, David Chipperfield, Eduardo Souto de Moura, Herzog & De Meuron, João Luís Carrilho da Graça, Manuel e Francisco Aires Mateus, Michael Maltzan, Oving Architekten, Peter Soderman, Paulo Mendes da Rocha, Rem Koolhaas, Valerio Olgiati, Vijitha Basnayake e Witherford Watson Mann.

A apresentação do projeto e do programa da Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura foi feita pelo Diretor Executivo da instituição, Nuno Sampaio, numa sessão em que também estiveram presentes os comissários da exposição "Poder Arquitectura”, o responsável pelo programa paralelo à exposição, Roberto Cremascoli, o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Matosinhos, Fernando Rocha, o presidente da Ordem dos Arquitectos, João Santa-Rita e a Diretora Geral da Artes, Paula Varanda.

Neste evento foram ainda apresentadas as mostras «Arquitetura Portuguesa de 1974 a 1999 – 25 anos de Democracia em Portugal», coordenada por João Belo Rodeia, e «Coleção Arquitetura Brasileira», comissariada por Guilherme Wisnik e Fernando Serapião.

Com este projeto pretende-se, acima de tudo, que "a partir de Matosinhos, Portugal tenha um centro internacional de exposição, arquivo e estudo da disciplina”, concluiu Guilherme Pinto.