Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 29 Nov 2016 Câmara Municipal apoia projeto para criação de jornal em diversas escolas A ideia partiu do jornal «O Gaiense» e contou também com o apoio de 13 estabelecimentos de ensino
O protocolo para o Jornal «Melhor Escola», dinamizado pelo jornal «O Gaiense» e com a participação de 13 escolas com ensino secundário do concelho, foi assinado, a 29 de Novembro, no salão nobre da Câmara Municipal de Gaia. Dinamizado pelo jornal «O Gaiense», o projeto, que convida os alunos a criarem e darem corpo a um jornal escolar a partir de Janeiro, pretende contribuir para a formação de jovens "mais interventivos, mais conscientes e mais despertos para o mundo que os rodeia”. Sendo um convite ao envolvimento de toda a comunidade, esta cerimónia contou com a presença de Manuel Monteiro, vereador da Câmara Municipal de Gaia, Filipe Bastos, diretor do jornal «O Gaiense» e dos representantes das treze escolas envolvidas. 

Para Manuel Monteiro, com esta iniciativa, a mensagem que se passa é a de que "o jornal está com os gaienses em toda a sua dimensão”, manifestando ainda a sua satisfação por estar a assistir a uma "sã convivência entre as diferentes escolas nesta iniciativa”. Para Filipe Bastos, o projeto vai muito além do envolvimento dos alunos: "não se trata de um jornal circunscrito à atividade escolar. Queremos que seja muito mais abrangente. Queremos que seja o elo de ligação entre os diferentes elementos da escola e entre estes e toda a comunidade local”.

Contactados os diferentes diretores das escolas secundárias públicas e os diretores pedagógicos dos colégios privados para a apresentação deste projeto, a recetividade foi, desde logo, garantida. Para Filinto Lima, presidente da Associação Nacional dos Diretores de Escolas Públicas, "este projeto, realizado em conjunto com as escolas, tem todas as garantias de que a educação será bem tratada”, salientando ainda a importância de juntar numa mesma iniciativa a escola pública e a privada. Para o futuro, o responsável deixou ainda um repto: "é preciso não esquecer os restantes níveis de ensino pois temos excelentes escolas do ensino básico que, certamente, abraçarão esta iniciativa com bastante ânimo”.

O projeto termina no dia 27 de Maio de 2017, com a realização da Gala «Melhor Escola», que terá lugar no Pavilhão Municipal de Vila Nova de Gaia. Nesta cerimónia serão atribuídos os seguintes prémios: 1.º, 2.º e 3.º lugares de «Melhor Escola», melhor capa, melhor grafismo, melhor reportagem, melhor entrevista, melhor fotografia, mais dedicação e prémio online (atribuído através de votação dos leitores na página do Facebook do jornal). O júri será presidido por Afonso Camões, diretor do Jornal de Notícias, tendo ainda como membros, além dos diretores das treze escolas, Elisa Cidade, vereadora da Câmara Municipal de Gaia, Manuel Roberto, editor de fotografia do jornal «Público», e Margarida Azevedo, coordenadora do curso de Design e Comunicação da ESAD (Escola Superior de Arte e Design).

No final será ainda elaborado um livro, com o apoio da Porto Editora, que englobará as 13 publicações realizadas pelas escolas, reportagem completa, com fotografias, os nomes dos vencedores, depoimentos, além de outros conteúdos de interesse para as partes intervenientes. 

Quais são as escolas envolvidas no projeto?
Escola Secundária Inês de Castro, Escola Secundária Almeida Garrett, Escola Secundária António Sérgio, Escola Secundária Gaia Nascente, Escola Secundária de Canelas, Escola Secundária dos Carvalhos, Escola Secundária Arquitecto Oliveira Ferreira, Escola Secundária Dr. Joaquim Gomes Ferreira Alves, Escola Secundária Diogo de Macedo, Colégio Internato dos Carvalhos, Colégio Nossa Senhora da Bonança, Colégio de Gaia e Colégio dos Cedros.

Notícias Relacionadas