Notícias 08 Jul 2017 Bienal Internacional Arte Gaia 2017 já começou Iniciativa decorrerá até ao dia 30 de setembro
A segunda edição da Bienal Internacional Arte Gaia 2017 já arrancou. A abertura oficial teve lugar no Centro Empresarial Fercopor, na antiga Coats & Clark, no dia 8 de julho, na presença da organização, do presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, dos premiados, dos artistas e curadores, dos padrinhos desta edição e de muitos interessados que farão com que esta edição supere as expectativas. 
A 2ª Bienal Internacional de Arte Gaia 2017, organizada pela Cooperativa Cultural – Artistas de Gaia, com o apoio da Câmara Municipal de Gaia, pretende ser um centro agregador de problemas sociais muito atuais, lançando as linhas para uma profunda reflexão e agitando consciências. "A Bienal Internacional de Arte de Gaia preocupa-se com os outros e desafia os seus artistas a interessarem-se por temas que estão à nossa volta. É uma Bienal humanista e solidária”, disse Agostinho Santos, diretor da Artistas de Gaia – Cooperativa Cultural. Essa preocupação será materializada num conjunto de exposições em que o desafio lançado aos artistas consiste em transpor estes temas para as suas formas de arte, nomeadamente escultura, pintura, desenho, fotografia, entre outros. Nesta segunda edição participam quinhentos artistas oriundos de 11 países, com um total de um milhar e meio de obras. 



Ultrapassando os limites que caracterizam a tradicional «Bienal de Arte», esta edição pretende, acima de tudo, ser uma «Bienal de Causas», lançando as linhas para uma profunda reflexão e agitando consciências, tal como define Agostinho Santos, diretor da Cooperativa Cultural – Artistas de Gaia, responsável pela organização do evento, com o apoio da Câmara Municipal de Gaia. Para o responsável, "como Bienal de causas que é, este evento não poderia decorrer noutro sítio que não Vila Nova de Gaia, um concelho fortemente ligado às causas sociais e ao apoio à educação e cultura”. 
Recorde-se que, depois de Pedro Abrunhosa e Valter Hugo Mãe terem sido as figuras escolhidas para apadrinhar a edição de estreia, este ano, a escolha dos padrinhos recaiu sobre Miguel Guedes, Rui Massena e a jovem pianista Rafaela Oliveira. 
Até ao final de setembro, em Gaia será possível visitar exposições no Convento Corpus Christi, Biblioteca Municipal e Mosteiro de Grijó, sendo que a iniciativa se concentra, essencialmente, no Centro Empresarial Fercopor, na antiga Coats & Clark. Fora do concelho, há oito polos distintos, nomeadamente Porto, Gondomar, Cerveira, Figueira da Foz, Barcelos, Seia, Monção e Viana do Castelo.


Mais informações:
Bienal Internacional de Arte Gaia > Centro Empresarial Fercopor (antigo pavilhão da fiação Coats & Clark) > Av. Vasco da Gama, 774, Vila Nova de Gaia > T. 22 379 2339 > 8 jul-30 set, seg-qui 14h-19h30, sex-dom 11h-20h > grátis