Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Notícias 18 Set 2019 A economia azul e a sustentabilidade como fatores de decisão para o futuro Conferência reúne líderes políticos e académicos nacionais e estrangeiros no FIGaia 2019


Ver Programa

A conferência «Plataforma Azul – a nova economia» leva ao Auditório do Centro Paroquial de Mafamude, na próxima sexta-feira (20 de Setembro), entre as 10 e as 17 horas, diversos líderes políticos e académicos nacionais e estrangeiros para debater a sustentabilidade do uso dos oceanos e a economia azul numa perspetiva global. Promovida pelo semanário «Plataforma de Macau», a iniciativa procura aprofundar a discussão à volta da economia azul, da sustentabilidade, das energias alternativas, entre outras temáticas que estão hoje no centro estratégico dos Países de Língua Portuguesa (PLP) e que são abordadas em todo o planeta.

Em mais uma conferência realizada no âmbito do Fórum Internacional de Gaia – FIGaia 2019, Macau assume-se como a porta da Grande Baía para os Países de Língua Portuguesa, destacando-se a relação com Portugal, que passa não só pelo desenvolvimento e reforço da cooperação, mas também pela participação no projeto da Grande Baía.

«Plataforma Azul – por uma rede de cidades e regiões» é o tema do painel da manhã, que coloca Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Gaia, Rafael Gama, assessor do secretário para os Assuntos Sociais e Culturais da Região Administrativa Especial de Macau, Filipe Porteiro, diretor Regional dos Assuntos do Mar do Governo Regional dos Açores, Maria Cruz Ferreira Costa, directora-geral de Qualidade Ambiental e Alteração Climática da Junta da Galiza e Jorge Freire, assessor da vereadora do Ambiente da Câmara Municipal de Cascais em debate, com moderação de Mike Weber, diretor da Estação Litoral da Aguda.

O painel da tarde, dedicado ao tema «Oceanos e Sustentabilidade – oportunidades e desafios», reúne o contra-almirante Carlos Ventura Soares, diretor do Programa de Captação da Fundação Oceano Azul, Vítor Vasconcelos, presidente do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR), João Gonçalves, diretor do Centro de Investigação Oceanos da Universidade dos Açores, Alfredo Rocha, diretor do Curso Licenciatura em Meteorologia, Oceanografia e Geofísica da Universidade de Aveiro, Shi Shuxian, investigadora da Universidade da Cidade de Macau, e Hu Zhiyong, professor do Instituto de Estudos Internacionais da Academia de Ciências Sociais de Xangai, para uma discussão com vista à cooperação, moderada por Miguel Herédia, diretor do Programa de Capacitação da Fundação Oceano Azul.

Dedicadas à sustentabilidade e à economia azul, as conferências Plataforma Azul tiveram início em Macau no passado mês de Julho; chegam agora a Vila Nova de Gaia e seguirão, depois, para a Região Autónoma dos Açores. Este projeto do semanário «Plataforma de Macau», lançado no final de junho, traduz a expansão daquela publicação para a área da responsabilidade social, promovendo o debate da sustentabilidade e da importância do envolvimento da Grande Baía, com recursos hídricos muito relevantes, no contexto da economia azul.