Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Eventos 27 Jul 2019 Marta Ren & The Groovelvets Jardim do Morro
Marta Ren tem novo trabalho e, no dia 27 de julho às 22h00, acompanhada dos seus The Groovelvets, vai certamente apresentá-lo, no último concerto do Música no Jardim do Morro. 


Marta Ren é uma das mais carismáticas vozes da nova música portuguesa.

Fundadora dos Sloppy Joe, saudosa banda de culto portuense, que explorou, como ninguém entre nós, os territórios jamaicanos, partindo do Ska, do Reggae e do Dub para nos dar uma visão extremamente original da música a que chamamos do mundo, Marta Ren fez ainda parte dos desconcertante Bombazines e do colectivo Movimento, antes de se lançar, em definitivo, numa carreira em nome próprio.

Depois de, através das inúmeras colaborações que assinou no universo do Hip Hop, dos Dealema a Sam the Kid, passando por New Max, NBC ou Link, se ter afirmado como uma das grandes vocalistas Soul nacionais e de ter dado dezenas de memoráveis concertos com os Funkalicious, banda que liderou e que se dedicava à recuperação dos grandes clássicos Funk dos 60 e 70, Marta Ren decide investir na sua grande paixão por estes grandes géneros da música negra.

Neste momento, encontra-se a trabalhar no seu álbum de estreia a solo que vai sair pela editora italiana Record Kicks até ao final do ano. Enquanto esse tão aguardado disco não chega às lojas, oferece-nos dois singles: "Summer’s Gone” e "2 kinds of men” são dois excelentes temas, a remeter para os anos dourados da soul e do funk, e mostram-nos Marta Ren na plenitude da sua espantosa capacidade vocal, acompanhada por uma banda coesa e com um gosto irrepreensível, com a qual se prepara para invadir os palcos e dar muito que falar.

Todo o processo de gravação tem respeitado o método de produção oldschool dos anos 60/70, com microfones, gravadores e masterização em fita. Tudo orgânico, para preservar a sonoridade típica dos velhos tempos do funk. Além de soltar a sua voz selvagem, Marta Ren também é a autora das letras. New Max, dos Expensive Soul, assina as composições e é o produtor de serviço, numa escolha mais que óbvia que tem tudo para resultar.

(texto adaptado de Rodrigo Affreixo)