Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Eventos 16 Nov 2019 Manuel Araújo - Recital de Piano Auditório Municipal de Gaia
O internacionalmente galardoado pianista portuense, Manuel Araújo, tem encontro marcado com o público Gaiense, para um recital de piano, onde interpretará obras de Carlos Seixas, Vianna da Motta, António Fragoso, César Franck e Franz Liszt.
MANUEL ARAÚJO nasceu em Vila Nova de Gaia, em 1983. Iniciou os seus estudos musicais aos 5 anos de idade, em regime particular, com os professores Norma Graça-Silvestre e Felipe Nabuco Silvestre.
Seguiu os estudos na Holanda, a partir de 2002, sob orientação de Aquiles Delle Vigne, diplomando-se "Cum Laude” na Codarts, Escola Superior das Artes de Roterdão.
Estudou pontualmente ainda com músicos como Mikhail Voskresensky, Angela Hewitt, Jean-Bernard Pommier, Ronald Brautigam, Gabriel Kwok, Helena Sá e Costa, Sequeira Costa, Fausto Di Cesare, Luiz de Moura Castro, Emanuel Krasovsky, Enrico Pace, Gary Hoffman, Wolfgang Holzmair e Choong Mo Kang.
 
Estreou-se como profissional no ano 2000, após obter por unanimidade o 1°. Prémio Nacional de Jovens Pianistas da Fundação Rotária Portuguesa, dedicado a Helena Sá e Costa e com júri presidido pela mesma.
Obteve o primeiro prémio em diversos concursos em Portugal, França, Holanda, Espanha, Bélgica, Japão e Itália, destacando-se o Premier Prix do 89th Concours International Léopold Bellan de Paris e do 34th Yokohama International Piano Concert, e ainda S. Sebastião (Espanha), Mascia Masin e F. Zadra (Itália), Primavera Pianistica (Bélgica), Codarts Virtuoso Piano Competition (Holanda) e o Prémio Especial Luso-Brasileiro Maria Campina.
Foi também premiado pelo Concurso Internacional de Piano Interfest (Macedónia), no Prémio Jovens Músicos RDP e pela Juventude Musical Portuguesa.
Recebeu prémios especiais do júri no Concurso Internacional Cidade de S. Sebastião (Melhor interpretação de Scriabin) e no Concurso Musical Internacional "Riviera del Conero” (Jovem Talento).
Foi um dos 36 finalistas do Concurso Internacional de Piano da Austrália em Sydney, semifinalista, entre todos os instrumentos, do prestigioso Vriendenkrans Concours da Orquestra Concertgebouw, no Concertgebouw de Amsterdão e um dos 3 finalistas, também entre todos os instrumentos, do Prémio Novos Talentos Ageas/Casa da Música 2017. Foi semifinalista e obteve o Prémio "Melhor Participante Português” no XVII Concurso Internacional de Música "Vianna da Motta”, em 2010.
 
Actuou em Portugal, Espanha, França, Holanda, Israel, Austrália, Itália, Alemanha, Rússia, Bélgica, Brasil, Austria, Macedónia, Japão e Taiwan. 
Destacam-se as suas actuações no Teatro Imperial Hermitage e no Teatro Briantzev em S. Petersburgo, no Stadsschouwburg e Concertgebouw de Amsterdão, no Lucent de Haia, no Teatro de Jerusalem, na Sala Philips do Stadsschouwburg de Eindhoven, no Theater aan het Vrijthof em Maastricht, no Theater De Vest em Alkmaar, nos Schouwburg de Roterdão, Utreque e Leiden, na Accademia Filarmonica Romana, na Yokohama Minato Mirai Hall e no Carrie Chang Fine Arts Center de Taipei.
Actuou ainda na Sala Suggia da Casa da Música, Museu Gulbenkian, no Teatro S. Luiz, no Teatro S. Carlos, no Grande Auditório CCB, Auditório da Fundação Serralves, na Sala Gótica do Hôtel de Ville de Bruxelas, no Teatro Nacional de Bitola, na Wiener Zaal e Solitar do Mozarteum de Salzburgo, na Salla Filarmonica de Trento, no Concertgebouw De Doelen de Roterdão, no Altes Handelsboerse e Mendelssohnhaus de Leipzig, no Palácio de S. Clemente no Rio de Janeiro, no Centro Musical Felicja Blumental de Telavive e no Seymour Centre de Sydney.
Cooperou, entre 2006 e 2009, com o coreógrafo Ton Simons e a companhia Dance Works Rotterdam, nas produções Human Figures e Moving Being, numa parceria que apresentou o primeiro livro do Cravo Bem Temperado de J. S. Bach pelas principais salas de todas as cidades dos Países Baixos.
Dedica-se com regularidade à divulgação do património musical português.
Efectuou primeiras audições modernas e estreias mundiais de obras de Frederico de Freitas, J. D. Bomtempo, Nicolau Ribas e António Fragoso. Foi-lhe dedicada a obra "Bamboleio”, de Alexandre Delgado.
Actuou com transmissão em directo para a Euroradio (EBU), Kol Ha Musica IBA (Israel), RTP2 e Antena 2, e para a ABC Classic (Austrália). Tem discos gravados para o selo Codarts, com obras de Prokofiev e Stravinsky, e para a Associação António Fragoso.
Foi convidado a actuar nos Festivais de Sintra, Mafra, Cistermúsica Alcobaça, Quatro Estações de Vidago, Primavera de Viseu, Euro-Mediterraneo (Calabria), Sommerakademie Mozarteum Salzburgo, Openlook S. Petersburgo, Forum Internacional Torrelodones, Cap Ferret, Festa na Baixa CNC e no Rotterdam Operadagen, onde actuou na apresentação da integral das transcripções de ópera de Liszt, interpretando Reminiscences de D. Juan.
 
Como solista, actuou com a Sinfonia Rotterdam, Orquestra Nacional do Porto, Rotterdam Ensemble, Orquestra Filarmónica da Macedónia, Orquestra Clássica de Espinho, Orquestra do Norte, Orquestra Sinfónica do Atlântico e Orquestra Filarmonica di Stato "P. Constantinescu” de Ploiesti (Roménia), entre outras, sob direcção de Lior Shambadal, Conrad van Alphen, Marc Tardue, Anton Nanut, Manuel Ivo Cruz, Sergio Alapont, Roberto Beltrán, José Ferreira Lobo, Ahmed El Saedi, Artur Pinho Maria, Roberto Misto, Enrique Bátiz e Claudio Cohen. 
 
Foi professor assistente de piano da Escola Superior de Música de Roterdão (Codarts), da Schola Cantorum de Paris e convidado a dar masterclasses e conferências para a Kawai Omotesando de Tokyo, Chinese Culture, National Chiao Tung and Chung Yuan Universities, Taipei, Forum Musikae Madrid, Conservatório Nacional de Lisboa, Universidade de Coimbra, Esproarte. Foi jurado do Taiwan International Piano Ensemble Competition.
É co-fundador, membro da direção e professor da Academia Internacional de Música "Aquiles Delle Vigne”, do Coimbra World Piano Meeting e do Encontro Internacional de Piano de Sardoal.

PROGRAMA

1ª parte

Carlos Seixas (Coimbra, 1704 / Lisboa, 1742) - Sonata em dó menor (Allegro, Minuet I, Minuet II)
                                                                            Sonata em Ré menor

José Vianna da Motta (S. Tomé, 1868 / Lisboa, 1948) - Balada, op. 16  

António Fragoso (Pocariça, 1897 / Pocariça, 1918) - 2 Nocturnos


2ª parte

César Franck (Liège, 1822 / Paris, 1890) /Aquiles Delle Vigne (Buenos Aires, 1946) - Prelúdio, Fuga e Variação Op. 18 
  
Franz Liszt (Doborján, 1811 / Bayreuth, 1886) - Après une lecture de Dante



Informações e reservas: 223771820.